Tito Gusmão

Tito Gusmão

Minha paixão por empreender, finanças e investimentos surgiu porque nunca ganhei mesada. Pra comprar um chocolate eu tinha que cortar a grama ou lavar a louça em casa. E daí na hora de comprar o tal chocolate, eu sabia exatamente o esforço que ele estava me custando.
Os pratos em casa não eram muitos e a grama não crescia tão rápido, então eu precisava achar formas diferentes de ganhar dinheiro e desde cedo me aventurei a empreender. Fui dando certo em diversos negócios e queria saber como investir bem a grana que ganhava. O problema é que o gerente do banco, na época, não sabia o que dizer. O curioso é que não sabem até hoje.

Virei um pesquisador sobre investimentos e acabei me tornando o guru dos meus amigos. “Quer saber sobre como investir? Fala lá com o Tito.” Até que, durante o ensaio com minha banda (minha outra paixão é música) um amigo disse que tinha conhecido um pessoal de uma empresa de investimentos e que eles falavam a “minha lingua”. Fui só conhecer e acabei sendo contratado. A empresa era pequena e eu foi um dos tantos que ajudaram a virar a maior corretora do país.

Depois de quase 10 anos nela, algumas coisas me incomodavam e eu precisava sair para empreender novamente. Precisava construir minha proposta de empresa de investimentos. Uma empresa diferente, com foco em entregar uma experiência fácil de investir, 100% alinhada com o cliente e construída com DNA de empresa de tecnologia. Foi aí que surgiu a Warren.

Eu morava em NY, convenci dois sócios a entrarem na jornada e construímos um protótipo que apresentamos em uma das maiores feiras de tecnologia dos EUA. Eram 500 empresas e ficamos entre as 10 melhores. Logo chegou nosso quarto fundador, que nos sugeriu começar a Warren no Brasil.

Abrimos as portas oficialmente em março de 2017, então somos bebês dando os primeiros passos, mas muito animados com este início. Já são mais de 60 mil clientes investindo bem com a Warren.